sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Feliz 2013

A todos um Excelente 2013.

6 comentários:

Der Kommissar disse...

Para você, Aeroingá, e também a todos os amigos do Blog, um feliz 2013 de sucesso e, além dos grandes voos, que sempre mantenhamos os pés (e a cabeça) no chão, não nos deixando levar por factóides.
Os amigos do Blog já estão se manifestando a esse respeito.
Aliás, falando em factóides, a adm. SBMG (que vai permanecer na nova adm. municipal) deve estar ainda de ressaca eleitoral (ou magoada pelas críticas aos factóides)e não lhe mandou a movimentação de passageiros de novembro ?!?!?! E faltam apenas dois dias para 2013!!!
A infraero, que sempre atualiza sua estatística de movimentação de areoportos com mais de um mês de atraso, já liberou a movimentação acumulada de novembro de seus aeroportos.
Em SBLO, por exemplo, a casa de 1 milhão de passageiros foi atingida em novembro: mais precisamente 1.008.555 passageiros.
A Azul/Trip já tem um plano de, em 2013, implantar o limite mínimo de 1 milhão de passageiros anuais em qualquer aeroporto, para operação de e-jets...abaixo disso só ATR's.
Mr. Neeleman (que nunca foi bobo e tem faro de $$$ nos negócios) que o diga.
Mesmo com toda a "movimentação" tão propalada em SBMG, temos vistos muitos voos de e-jets e Boeings com ocupação menor que o mínimo para pagar o voo (sem mencionar a diferença de preços das passagens entre SBMG e SBLO)...isso empurra a operação dos e-jets para fora de Maringá, levando junto passageiros da região, que preferem embarcar em SBLO em vez de SBMG, por maior comodidade e oferta de empresas aéreas, assentos e jatos em SBLO.
Apesar dos vários Hotran's, a Gol, por exemplo, já manifesta interesse por deixar SBMG gradativamente, visto que sua compensação financeira na cidade (diga-se "TCCC"), não oferece mais "aquela" vantagem de outrora, e os ventos estão assoprando melhor nos aeroportos "do milhão" - é óbvio que esta informação jamais será vinculada nos jornais e revistas da "província do fazendão", mas é só consultar os editores das principais publicações sobre aviação e economia do Brasil, bem como diretores (em "off"), que isso já é informação corrente.
Digo e repito: a bola da vez agora será dos aeroportos "do milhão" (ou milhões), apesar dos programas federais de auxílio, construção e melhorias em aeroportos anunciados recentemente - quase todos para aeroportos inexpressivos em níveis estadual e federal.
Para as aéreas o que mais importa atualmente (e é garantia de lucro) são os nichos consolidados e não aventuras desbravadoras ou de ampliação de frequências, em aeroportos menos movimentados, arriscando voos com aeronaves que custam U$ 80 milhões .
Abraços a todos e novamente um feliz 2013.

joseldo disse...

DER KOMMISSAR

depois que vc falou tudo isso de smbg vou vender tudo que tenho aqui na regiao vou para londrina,porqu só de atr nao vai da,kkkkkkkkkkkkkkkk...

sobre a azul/trip nao sei nada,mas,mas,mas a gol vc presisa verificar melhor antes de dizer que ela vai sair daqui...
porque
em vez de ela tirar os voos,que vc disse,ela aumentou a frequencia a partir de fevereiro.

mais um para gru inclusive este é pernoite,um para cwb aos domingos de manha,e outro para cgr,cgb com retorno cgb,cgr,mgf,cwb.

sao varias inclusoes gol ja aprovadas e com vendas direto no site a partir de fevereiro..

boa festas e feliz 2013 a todos....

Paulo disse...

Alouuu Marcos Valencio, nos de uma luz se as previsoes do Derrr vao se concretizar ou nao kkkkk

Gabriel14 disse...

Aonde que a Gol manifestou interesse em deixar SBMG?

Paulo disse...

Tambem não quero ser pessimista mas Londrina esta se mexendo para tornar o seu novo aero cargueiro mais proximo da realidade, aqui em Maringa falam muito mas ninguem busca a atração de empresas de tecnologia que possam a vir usar os serviços aeroportuarios do SBMG no futuro, em Londrina dois novos empreendimentos que chegam à cidade nos próximos meses: o centro logístico da LOG Commercial Properties - que poderá gerar até 2,5 mil empregos - e uma unidade da Atos, multinacional da área de tecnologia da informação (TI), com 600 postos de trabalho. Desde março de 2010, quando foi inaugurada a empresa de call center Dedic, a cidade não recebe um grande empreendimento, a não ser os da área de comércio varejista que aliás foram grandes empresas como Leroy Merlin, Walmart, Angeloni (2 unidades)e 3 novos grandes shoppings em construção, novos hoteis em construção, etc, enfim mesmo com politica ruim como os 2 ultimos prefeitos cassados Londrina esta dando de 10 a zero em Maringa.

Vamos lá pessoal (politicos) de Maringa vamos arregaçar as mangas em 2013, somos a unica cidade que compete com Londrina e estamos ficando aos poucos para traz, O MUNDO SE DESENVOLVE E MOVE POR COMPETIÇÃO e ganha seu espaço aqueles que tem olhos voltados para o futuro.

O SBMG deveria ser prioridade numero 1 da nova administração, aumentar a pista ainda no proximo ano e taxiways e aumentar o terminal de passageiros que ja esta saturadissimo.

Esta na hora de Maringa se unir mais e voltar a crescer, pois nada adianta o boom imobiliario sem uma economia forte e puljante, eu faço criticas mas construtivas para que aqueles que governam esta maravilhosa cidade se mexam mais e falem menos de politica.

Boas festas para todos

Der Kommissar disse...

Comentário sábio e com os pés no chão, amigo Paulo.
Pena que o amigo Joseldo não compreendeu o sentido do parágrafo "Apesar dos vários Hotran's..."
Se tomarmos como verdade ("a la" velhinha de Taubaté) os factóides propalados pela adm, SBMG e reiterados pelos jornais e revistas da "província do fazendão", já teríamos a volta dos voos cargueiros a partir de amanhã e com duas frequencias diárias de porão 100% lotado!!!.
Não nos deixemos enganar pelos políticos, especialmente quando a imprensa é "amarrada" e as verdades não nos chega aos olhos e ouvidos.
Mais uma vez meus cumprimentos pelo seu comentário, que, como eu, ama a nossa Cidade-Canção e quer o progresso do aeroporto, mas sem factóides, e com os pés no chão.
Grande abraço a todos os amigos do blog e novamente um Feliz 2013!!!